Notícia

PROJETO DE EXTENSÃO LEVA BENEFÍCIOS Á CIDADE DE MALLET - PR

09/11/2018


O projeto de extensão “Inovação Social Equoterapia em Empreendimento Hoteleiro” está promovendo várias atividades na cidade de Mallet (PR). O projeto é autoria do acadêmico do sexto semestre de Administração do Centro Universitário de União da Vitória (UNIUV), Daniel Felipe Marcis, e orientado pelas professoras Ana Paula da Silva Yamauti e Marivanda Bortoloso Pigatto.

Para Marcis, esta oportunidade significa a realização de um sonho antigo. “A ideia do projeto surgiu a partir da minha paixão por cavalos, e assim utilizá-los para benefício da saúde das crianças”.

Em apenas um mês de atividades com os alunos, já foi possível perceber diferença de postura e do andar, da autoconfiança, o autocontrole emocional, entre outros benefícios. Houve também uma demanda das empresas locais da cidade para patrocínio do projeto.

 

O projeto

 

A implantação do projeto é realizada pelas parcerias com o Hotel Fazenda Hidromineral Dorizzon, Prefeitura de Mallet, por meio da Secretaria de Saúde, e a Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE). Através de coleta de informações para capacitação dos envolvidos, iniciou-se a parceira da Polícia Militar do Paraná (PMPR) com o Regimento de Polícia Montada “Coronel Dulcídio”.

Após a realização das parcerias, foram feitas visitas técnicas em empreendimentos de Equoterapia, para o desenvolvimento de conhecimento especifico. Por meio da parceria com a PMPR, foi possível a realização do curso básico de Equoterapia em Curitiba (PR), para a capacitação dos profissionais envolvidos.  

 O Hotel Dorizzon cedeu o espaço para a realização das sessões de Equoterapia, e os animais que são utilizados. A APAE disponibilizou o assistente social e o psicólogo. Já a psicopedagoga está fazendo trabalho voluntário para o projeto.

As sessões estão sendo aplicadas todas as segundas-feiras no Hotel Dorizzon, durante todo o dia. Após cada sessão, os profissionais se reúnem para debater evoluções dos praticantes, e para elaborarem o plano terapêutico da próxima sessão. É traçado um objetivo de desenvolvimento para cada praticante e em cada sessão são criadas atividades e exercícios para alcançar este objetivo.

Para o professor de Administração, Ivo Tonon, o projeto é fabuloso. “O projeto prioriza o empreendedorismo e a inovação social, beneficiando pessoas que dificilmente teriam acesso a este tipo de atividade, uma vez que os praticantes não têm custo algum para realizar a sessão”.


por: Kamilla Lima - Doing/AgexCom